COMPARTILHAR

O Galaxy Note 4 contará com duas versões: uma com Snapdragon 805, modelo N910S, e outra com Exynos 5433, modelo N910C. Foram encontrados resultados no AnTuTu de ambas as versões, onde mostra que o modelo com Exynos conseguiu uma pontuação maior.
O novo Exynos é o primeiro SoC da Samsung com suporte a 64-bit, sendo formado por quatro núcleos Cortex-A53 e quatro núcleos Cortex-A57. Estes novos núcleos fazem uso das instruções implementadas na arquitetura ARMv8-A, a mesma usada nos núcleos Cyclonesdo processador A7 da Apple.
Enquanto o Snapdragon 805 ainda é um processador 32-bit que utiliza as instruções da arquitetura ARMv7. Com isso, o Exynos já tira a vantagem de possuir uma arquitetura mais avançada com suporte a novas instruções que agregam mais desempenho ao sistema.
Ao observar as imagens acima, é possível notar que o novo Exynos chega bem próximo aoTegra K1. Ele poderia até ser igual ou superior, mas a Samsung decidiu frear o desempenho do Exynos 5433, ao desativar alguns núcleos da GPU, para que ele não ficasse muito superior ao modelo com Snapdragon. Boa parte dessa diferença se deve a nova GPU Mali-T760 que apresenta 326GFlops de potência gráfica, enquanto a Adreno 420 possui apenas 224GFlops.
É bom lembrar também que o Android usado aqui é o 4.4 KitKat que não utiliza as novas instruções da arquitetura ARMv8-A. Com o Android L, essa diferença entre os modelos poderá ser maior, já que o sistema do robozinho será totalmente compatível com hardwares 64-bit.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor entre com seu nome aqui