COMPARTILHAR

A Samsung se preocupando com repercussão negativa causada pelo Galaxy Note 7 anunciou na sexta-feira (09/12), que desabilitará os dispositivos começando pelos Estados Unidos, isso evita que algumas pessoas continuem usando o aparelho que pode causar sérios danos.

A gigante eletrônica sul-coreana e maior produtora de smartphones do planeta informou que 93% dos Galaxy Note 7 nos EUA foram devolvidos à empresa, após ser tirado de circulação, no início do ano, por risco de explosão e incêndio.

Apesar do grande número de devolução, ainda há 7% que circula, para evitar que novos acontecimentos ocorram, a Samsung fará uma atualização no sistema que impedira que o Galaxy Note 7 seja recarregado.

“A atualização acontece dia 19 de dezembro e impedirá que o Galaxy Note 7 seja recarregado nos EUA, eliminando a capacidade de recarga, assim imunizando o dispositivo, fazendo com que a troca do aparelho seja inevitável” afirmou segundo nota a Samsung.

Foram recolhidos aproximadamente 2,5 milhões de Galaxy Note 7 em 10 mercados, assim que surgiu o problema com as explosões de bateria, que geralmente ocorriam quando eram carregados e mesmo substituídos por outro da mesma linha, apresentou também risco de incêndio, por isso retirou todos.

Dos 2,5 milhões de aparelhos vendidos, 1,9 milhões foram nos EUA onde é proibido andar com o aparelho em aviões e outros locais.

Samsung assinalou que esta última medida ocorre “em cooperação com a Comissão para a Segurança dos Produtos de Consumo e com a rede de distribuidores e lojistas”.

“Como os dispositivos podem aquecer e representam risco para a segurança, pedimos aos usuários dos Galaxy Note 7 que desliguem o aparelho e contatem o distribuidor ou loja que o comercializou”.

O usuário pode trocar seu Galaxy Note 7 por outro smartphone da Samsung ou receber o dinheiro de volta.

Mas a companhia americana de telecomunicações Verizon anunciou que não participará da atualização para desativar os smartphones “devido ao risco de deixar usuários do Galaxy Note 7 sem uma opção de comunicação”.

“Não queremos contribuir para que fiquem impossibilitados de manter contato com familiares ou pedir socorro em caso de emergência”.

Agora que a Samsung jogou uma pedra nesse assunto, vamos esperar o seu novo lançamento Samsung S8, que segundo rumores será lançado em março de 2017 e estão testando de tudo.

Segundo informações, ele os botões da lateral de volume, serão digitais, bom esse assunto fica para o próximo artigo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor entre com seu nome aqui